Tratamentos

Como um Especialista em Reprodução Humana Assistida, Dr. Eduardo de Castro realiza tratamentos específicos para engravidar. Ao detectar a infertilidade, os casais começam a ter dúvidas sobre como engravidar. Esse é o momento de procurar um médico especialista.

Possui dúvidas? Como engravidar?

Baixa Complexidade

Coito, Relação ou Namoro Programado

O objetivo é promover um ciclo ovulatório com os indutores da ovulação realizando obrigatoriamente controle ultrassonográfico transvaginal para acompanhar a resposta ao medicamento e orientar o momento mais adequado para a relação.

Inseminação Intra-uterina

Na Inseminação Intrauterina, o homem colhe seu próprio sêmen por masturbação. O sêmen é então preparado no laboratório. Todas as células e espermatozoides inadequados são descartados. Os melhores espermatozóides são então injetados ou inseminados dentro do útero da parceira, com um fino cateter, durante o período ovulatório da mulher. Pode-se indicar esta técnica quando a mulher possuir pelo menos uma das trompas desobstruída e funcionando adequadamente.

Alta Complexidade

Fertilização in vitro clássica

Neste procedimento aplica-se na mulher, diariamente, medicamentos para estimular vários folículos no ovário (estruturas que tem o óvulos). Durante este período curto, são necessários controles de ultrassom para avaliar a resposta dos ovários quanto ao número e tamanho dos folículos. Quando os folículos atingem tamanho ideal, a mulher recebe uma última medicação e 35 a 36 horas depois ela é anestesiada e submetida a coleta dos óvulos.

Fertilização in vitro com ICSI (Injeção Intracitoplasmatica de Espermatozóides)

Técnica mais rotineiramente utilizada na fertilização in vitro. As etapas são semelhantes a fertilização in vitro clássica com exceção de que os espermatozoides não são colocados junto com os óvulos para que ocorra a fertilização espontânea, mas sim, colocados dentro dos óvulos (um espermatozoide por óvulo), um a um , com auxílio de um microscópio com micromanipulador.

Criopreservação de embriões

Atualmente, já é possível oferecer a criopreservação para embriões que tenham boa qualidade e não foram transferidos no ciclo em que foram gerados. Tal fato ocorre, por exemplo, em caso de número excessivo de embriões ou devido a condições inadequadas, por parte da mulher, para transferência naquele momento, como se observa nos casos de endométrio não receptivo ou quando há risco de síndrome de hiperestimulação ovariana.

Doação de Óvulos

Doação de óvulos e fertilização in vitro (FIV) ou injeção intracitoplasmática de espermatozóides (ICSI) é uma técnica que deve ser utilizada nas seguintes situações.

Doação de Embriões (ADOÇÃO DE EMBRIÕES)

Os procedimentos de reprodução assistida podem gerar produção de embriões excedentes, o que leva à necessidade de congelamento para a sua preservação. Tais embriões comumente são utilizados pelos casais para possível transferência futura, no caso de insucesso na transferência de embriões frescos ou para tentativa de novos filhos após o sucesso da transferência de embriões frescos.

Gestação com Útero de Substituição

Fertilização in vitro e uso de útero de substituição é utilizado para casais nos quais a esposa perdeu o útero por diferentes causas, mas possui ovário(s) com boa reserva ovariana.  Umas das principais causas de perda do útero em mulheres jovens é a histerectomia (retirada do útero)  puerperal, devido a graves sangramentos (placenta prévia, descolamento prematuro de placenta, etc.).

Endereço: Av. T-12, 263 – St. Bueno, Goiânia – GO, 74223-080

Telefone: (62) 3093-8073

Endereço: Rua 1.129 Nº 751 – St. Marista, Goiânia – GO, 74.175-140

Telefone: (62) 98420-2021

 

Em breve

Endereço:  Endereço: Av. Mutirão, 2653 – Esquina com a Av. Portugal – St. Marista,
Goiânia – GO, 74215-240